Lançada a terceira edição do Projeto Virada Ambiental

  • por

A Federação Goiana de Municípios (FGM) participou do lançamento da terceira edição do Projeto Virada Ambiental. Com o objetivo de sensibilizar a sociedade em relação à importância do plantio de mudas nativas para a conservação da biodiversidade, o Projeto tem como meta para este ano, levar esta iniciativa a por todo Estado de Goiás, e segundo o Presidente da FGM e Vice-Presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Haroldo Naves, a ideia é que chegue pelo menos em um Município de cada unidade da federação, tornando a iniciativa nacional.
Para esta edição, além da FGM, estão presentes a idealizadora do Projeto, Universidade Federal de Goiás (UFG), e conta com o apoio da Confederação Nacional de Municípios, assim como da Associação Goiana de Municípios (AGM) e da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma), da Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), entre outras instituições.  A meta está incluída nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que integram a Agenda 2030, proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU) que envolve diferentes níveis de governo, organizações, empresas e a sociedade como um todo nos âmbitos internacional e nacional e também local.
Importância em Participar
Em seu momento de fala, e também representando a CNM, o Presidente Haroldo Naves destacou que o Virada Ambiental “é um projeto importante em cada localidade para preservar a biodiversidade”. O Líder Municipalista também pontua os benefícios que o plantio de mudas traz como, por exemplo, a proteção de encostas, melhoria do microclima e a possibilidade de arrecadar recursos pelo ICMS ecológico.
Confira a fala completa do Presidente Haroldo Naves


Como participar
O plantio deverá ocorrer na semana do dia 22 de novembro. Os Municípios interessados em participar devem assinar um termo de adesão ao projeto, em seguida promover a preparação das áreas de plantio. É orientado que a plantação ocorra em bacias de captação de água para abastecimento municipal ou em áreas indicadas pelas prefeituras municipais em parceria com a Emater e demais órgãos técnicos locais.
Por fim, os participantes apresentam os documentos comprobatórios como fotos do plantio, vídeos ou notas publicitárias, e o certificado de compra ou doação de mudas.
Para Assinar o termo:
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfwbtrv5WAKZuKBQPOSqs2nsW5eirJkI7XeXYeJfJ3-tktxSQ/viewform?usp=sf_link
Em caso de dúvidas, enviar email para [email protected]
Edições anteriores
A primeira edição da Virada Ambiental aconteceu em 2019. Na oportunidade foram plantadas milhares de mudas por todo o Estado de Goiás e teve como resultado a adesão de mais da metade dos Municípios e o plantio de 130 mil mudas de árvores. A ação foi simples: cada Município ficou responsável pelo plantio mínimo de mil mudas.
Já a segunda edição da Virada Ambiental em 2020 contou com a participação de 187 Municípios goianos, e 7 Municípios de outros quatro Estados (Ceará, Bahia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul). A ideia é que o número de Municípios que participam da Virada Ambiental aumente, pois os benefícios da iniciativa serão sentidos pelos munícipes por vários ano
 
Para assistir o lançamento completo, clique aqui.
 
FGM